edição nº 7 ano 2019
outros títulos do autor
Envelhecimento saudável
     
 
veja também
Alimentos para envelhecer com beleza
Minha mãe, Dona Laura
Envelhecimento saudável
Escola Solaris, porto seguro espiritual
Pedra–Flor–Pássaro

Série: Aplicação prática do conhecimento

 

 

Nos Encontros Anuais dos solarianos, os nossos Mestres Espirituais mandaram, durante 12 anos, suas mensagens, sempre importantes e cheias de sabedoria.


Vamos relembrar a mensagem de 2003, ano em que muitas mudanças ocorriam no mundo e no Brasil, a qual é muito interessante e ainda válida para os que buscam o crescimento da consciência.


Sofia enviou para o grupo do curso Depois dos 50 anos o resumo da mensagem: “PEDRA – FLOR – PÁSSARO. Retire a pedra com seu próprio esforço. Ao alcançar a liberdade, a essência da pedra se transformará numa flor capaz de ser apreciada por todos, mas sem pertencer a ninguém. Um pássaro beberá de seu néctar e conseguirá energia para alçar voo à verdadeira liberdade“.


O que significa essa mensagem?


A pedra é um problema, um obstáculo, um impedimento para o movimento das pessoas. Sofia tem insistido muito nos movimentos que devemos fazer para resolver os vários problemas que surgem nas nossas vidas, sejam profissionais ou de relacionamento. Ela nos diz sempre que temos condições de resolver nossos problemas sem depender dos outros. Ou seja, tomar iniciativas, fazer movimentos e não esperar que as soluções caiam do céu. Mas não é fácil fazer este movimento: precisamos ter energia, vitalidade e não ficarmos no imobilismo. Principalmente quando a situação não nos favorece, é preciso fazer de tudo para nos tornarmos visíveis ao mundo, sem esperar que isso venha do outros.

   

A flor é a solução disponível para todos, é o resultado da pedra. O pássaro é a solução definitiva, a que permite a verdadeira liberdade.


Um exemplo: uma solariana que trabalhava no exterior voltou para o Brasil depois da fusão da empresa onde trabalhava. No sede do Brasil ficou um presidente que a via como uma espiã da matriz. E começou a criar problemas, a colocando em conflito com a gerente financeira. Ele mentia para as duas, criando sérios problemas de integração. Até que elas descobriram que ele as usava e começaram a se unir, uma contando as mentiras dele para a outra. 


Conclusão: retiraram uma pedrona do caminho com esforço mútuo e criaram uma amizade que continua até hoje, inclusive profissionalmente. A pedra era o presidente; a flor, a união das duas, que solucionaram o problema; e o pássaro, a amizade que permaneceu.


Esta mensagem será muito útil e valorosa sempre que tivermos obstáculos. Ela nos ajuda a definir qual o problema – a definição clara do problema é o primeiro passo para solucioná-lo. A solução encontrada pode ser utilizada por outras pessoas, pois não pertence a ninguém, e o pássaro permite o voo rumo à verdadeira liberdade.

Emília Lopes

Socióloga formada pela USP, trabalhou na CESP-Cia. Energética de S.Paulo na Diretoria de Distribuição de Energia, fazendo pesquisas de Mercado e buscando novas fontes de energia. Frequenta o Solaris há mais de 20 anos, sendo Sacerdotisa e parte do grupo de Meditação da Luz.

 
 
Imprimir