edição nº 12 ano 2019
outros títulos do autor
Respire fundo
Pés limpos
Ácaro, como se livrar dele
Reflexologia nas orelhas
Escovando a pele
Yacon, a batata light
Cuidando das cutículas
Ginástica Facial
Dicas para uma pele saudável
E se o bico do sapato apertar
     
 
veja também
Felicidade ao alcance de todos
O café, como tudo começou
Revendo o ano
Frutas vermelhas

Colorir o cardápio é um dos mandamentos dos médicos e nutrólogos, e as frutas vermelhas devem ser presença obrigatória nessa dieta matizada, devido as suas propriedades medicinais. Seja in natura, em sucos ou mesmo em geleias, o consumo de frutas como amora, morango, groselha, framboesa, mirtilo e cereja é um grande aliado à nossa saúde e beleza. A nutricionista Cynthia Maureen, que oferece consultoria à empresa de produtos saudáveis Superbom, destacou no portal ibahia.com algumas das  principais razões para não abrirmos mão das frutas vermelhas. 

 

VISÃO: “Por terem grandes quantidades de vitamina C, fósforo, cálcio e vitaminas do complexo B, as frutas vermelhas são aliadas à saúde dos olhos, melhorando a capacidade visual diurna e noturna.”

ANTICANCERÍGENA E DESINTOXICANTE: “Elas proporcionam maior proteção aos órgãos e aos tecidos do corpo, retardando a temida ação do tempo sobre todas as células, como as da pele, por exemplo”, afirma a nutricionista.

FIBRAS: As frutas vermelham possuem quantidades grandes de fibras, auxiliando o sistema digestivo. “É bom lembrar que além de beneficiar o intestino, as fibras são aliadas de quem quer reduzir os níveis de colesterol e glicose no sangue”, destaca ela.

SACIEDADE: Proporcionam a sensação de saciedade, diminuindo a vontade de consumir doces ou produtos pouco saudáveis.

ANEMIA: “Por apresentarem bastante vitamina C, que facilita a assimilação do ferro no corpo, são ideais para quem sofre de anemia ou ainda para quem quer evitá-la”, destaca a especialista.

 

Ricas em vitaminas C e do complexo B, essas frutinhas em tons vermelhos e arroxeados nos deixam mais fortes, em forma e com a pele e os cabelos mais bonitos.

 

Claro que o ideal é que essas frutas sejam consumidas frescas ou em sucos e vitaminas, que de preferência não devem ser coados nem adoçados com açúcar. As frutas vermelhas congeladas, achadas em supermercados, são também uma opção interessante, pois os nutrientes são conservados. Além disso, é preciso dar atenção à higienização do produto e à sua procedência, para evitar agrotóxicos. Buscar a variedade de frutinhas também é importante, pois haverá um consumo mais amplo de nutrientes.

 

 

Maria Bové Martinez

Solariana, profa. de português, podóloga e terapeuta corporal da linha reichiana.

 
 
Imprimir